CONVENTO DOS CAPUCHOS

PARQUES E PALÁCIOS DE SINTRA  
CONVENTO DOS CAPUCHOS

SINOPSE

O Convento dos Capuchos ou Convento da Cortiça foi fundado em 1560 por D. Álvaro de Castro, conselheiro de Estado de D. Sebastião, com o nome de Convento de Santa Cruz da Serra de Sintra. É notável pela extrema pobreza da sua construção, que materializa o ideal da Ordem de São Francisco de Assis, e pelo uso extensivo da cortiça na proteção e decoração dos seus pequenos espaços.

Abandonado em 1834, com a extinção das ordens religiosas que o regime liberal determinou, foi adquirido pelo Conde de Penamacor e, mais tarde, por Francis Cook. Edificado no respeito pela harmonia entre a construção humana e a construção divina, funde-se com a natureza, indissociável da vegetação e incorporando na construção enormes fragas de granito.

A mata que o rodeia foi, durante séculos, acarinhada e mantida pelos religiosos que habitaram o Convento, tendo sobrevivido à gradual desflorestação da serra de Sintra. Constitui, assim, um exemplo notável da floresta primitiva da serra de Sintra, sendo essencialmente constituída por carvalhos caducifólios, com elementos do maquis mediterrânico, associados a uma grande profusão de fetos, musgos e plantas epífitas e trepadeiras que tudo envolvem e recobrem num denso emaranhado vegetal. Pela sua raridade, estado de conservação e porte de muitos exemplares, esta mata representa um importante valor natural que importa salvaguardar.

 

Aberto todos os dias, exceto 1 de janeiro e 25 de dezembro

Horário: 09:00 - 18:00 (último bilhete e última entrada: 17:00)

Consulte a programação em www.parquesdesintra.pt para conhecer as diferentes atividades, eventos e experiências disponíveis neste local.

Mais informações: info@parquesdesintra.pt; +351 219 237 300

Para consulta das novas condições de acesso aos espaços PSML, por favor, clique aqui.

 

Aguarde um momento...