PALÁCIO NACIONAL E JARDINS DE QUELUZ

PARQUES E PALÁCIOS DE SINTRA  
PALÁCIO NACIONAL E JARDINS DE QUELUZ

SINOPSE

Residência real de duas gerações de monarcas situada a cerca de 15 minutos de Lisboa, ao Palácio Nacional de Queluz estão intimamente ligadas importantes figuras da história de Portugal. Constitui um conjunto patrimonial de referência na arquitetura e no paisagismo portugueses e contém um importante acervo que reflete o gosto da corte nos séculos XVIII e XIX, percorrendo o Barroco, o Rocaille e o Neoclássico.

A sobriedade das fachadas exteriores do palácio contrasta surpreendentemente com as fachadas de aparato, voltadas para o interior, prolongadas por delicados parterres de broderie em buxo num enquadramento de dezasseis hectares de jardins. Os jardins desenvolvem-se ao longo de grandes eixos animados por jogos de água e pontuados por estatuária inspirada na mitologia clássica. No interior destacam-se grandes salas de aparato, tais como a Sala do Trono, a Sala da Música e a Sala dos Embaixadores, os aposentos reais e a capela cuja obra de talha dourada de inspiração Rococó viria a tornar-se uma importante referência na região de Lisboa. O Palácio Nacional de Queluz foi concebido como palácio de verão, entre 1747 e 1789, por iniciativa do segundo filho de D. João V, D. Pedro de Bragança, a quem pertencia a Casa de Campo de Queluz, antiga residência dos Marqueses de Castelo Rodrigo.

 

Aberto todos os dias, exceto 1 de janeiro e 25 de dezembro

Horário do Palácio: 09:00 – 18:00 (último bilhete e última entrada: 17:30)

Horário dos Jardins: 09:00 – 18:30 (último bilhete e última entrada: 17:30)

 

Consulte a programação em www.parquesdesintra.pt para conhecer as diferentes atividades, eventos e experiências disponíveis neste local.

Mais informações: info@parquesdesintra.pt; +351 219 237 300

 

Para consulta das novas condições de acesso aos espaços PSML, por favor, clique aqui.

 

Aguarde um momento...